TRADUÇÃO (TRANSLATE)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

PORQUE QUE A IMPRENSA CAIU PRA CIMA DE JOÃO DE DEUS, MAS SE CALOU COM O CASO DE EDIR MACEDO EM PORTUGAL?



A imprensa brasileira caiu pra cima de João Teixeira de Faria (João de Deus), mas quem fez a denúncia não foi a imprensa, a mídia pegou carona em denúncias feitas por mulheres ativistas independentes como Sabrina Bittencourt, ou seja, a imprensa brasileira não colocou seus milhões investidos em seus jornalistas ancoras a disposição de repórteres para ajudar as ativistas independentes pra investigar João de Deus, apenas o programa “Conversa com Bial” (Globo) deu abertura nacional do caso, não sei se no programa “Conversa com Bial” foi exclusivo ou se já havia vídeos na internet das ativistas, porque se fosse esperar pela imprensa tradicional investigar ocaso, João de Deus estaria livre e nem denunciado seria, a mídia fez apenas pegar carona nas denúncias das ativistas.

Bom e o caso da denúncia contra a igreja Universal de Edir Macedo em Portugal ninguém da imprensa brasileira denunciou? Edir Macedo e sua igreja a Universal foram denunciados por uma série jornalística da TVI em Portugal por falsificação em documentos de crianças para serem adotadas ilegalmente em Portugal e trazidas ao Brasil por pastores e bispos da Universal, acredita-se que os bispos da universal são obrigados a fazerem vasectomia para não terem filhos (apenas só pode adotar), existe uma hipótese de que essa obrigatoriedade de não poderem ter filho partiu da famosa filha de Edir Macedo Aline Cardoso, pelo fato de ela não poder gerar filho (acometido por uma anomalia natural do seu sistema reprodutivo) e por isto e como uma arrogância a filhinha do papai pediu para os bispos não terem filhos naturais quando se tornam membros da Universal para conter o orgulho da mimada Aline Cardoso (mas isto é uma hipótese embora vários ex-universal afirmam essa hipótese).

Bom voltando ao assunto em questão, porque que a imprensa brasileira caiu pra cima João de Deus e ficou calada no caso de Edir Macedo e da Universal em Portugal? Bom sabe-se que a imprensa, a justiça brasileira e o Itamaraty não deu nenhuma importância ao caso mesmo sendo uma denuncia feita por uma série jornalística, a notícia da denúncia em Portugal contra Universal foi noticiado no Brasil apenas por blogs e sites independentes. Na denúncia jornalística contra a Universal, os jornalistas responsáveis criaram uma rede mundial para investigar denúncias contra a Universal e no Brasil essa rede jornalística formada pra denunciar a Universal é representada pelo famoso jornalista e apresentador Fabio Pannunzio da BAND, aí você pergunta, mas porque a BAND não deu oportunidade pra ele denunciar o caso na emissora? Simples Fabio Pannunzio não é dono da emissora, ele é pau mandado e a família Saad (dona do grupo bandeirante) não quis perder a boquinha milionária que a universal gera ao grupo bandeirante pra exibir programas da Universal no canal 21 (pertencente ao grupo bandeirante), bom novamente você pode perguntar e porque a imprensa não denunciou Edir Macedo e a Universal, mas deu atenção ao caso João de Deus, será que foi pelo fato do crime ser de assédio sexual? Nada disso os crimes de João de Deus aconteceram desde 1987 (como relata os fatos), mas tem um detalhe curioso, João de Deus não faz anuncio na TV de sua seita religiosa e seus trabalhos na TV, ou seja, ele não gera renda pra emissoras e por causa disso tem uma forma de tratamento diferenciada e o grupo de mídia ou editorial não tem nada a perder com quem não faz anuncio televisivo e aí já sabe é dando que se recebe, porque se a imprensa brasileira fosse imparcial denunciaria a trapaça da Universal e Edir Macedo em Portugal, pois os crimes sexuais de João de Deus não é muito diferente de quem altera documentos de crianças para falsificação e adoção ilegal de um país para outro, em tratados internacionais isto é um crime tão perverso quanto crime sexual e crime de guerra.

SOBRE  O AUTOR


sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

O JORNALISTA ATEU GABRIEL FILIPE LANÇA O LIVRO: "DEUSES, FANTASMAS E OUTROS MITOS"

O jornalista Gabriel Felipe lançará no começo de 2019, o livro: "Deuses, Fantasmas e Outros Mitos' que será editado e publicado pelo próprio autor (sem editora), uma vez que o autor tem conhecimento de editoração, revisão e diagramação, aproveitando assim seu conhecimento para reduzir os custos, do livro que será financiado pelo sistema de Crowdfunding (financiamento coletivo) através da plataforma de captação do Catarse. O livro aborda o que o próprio título diz, as questões de Deuses (divindades), mitos, pseudociência, charlatanismo, sobrenatural, além de outras malandragens religiosas. Gabriel Filipe é ateu e também fundador da Revista Ateísta (publicação exclusiva para pessoas sem-religião como os ateus e agnósticos), o livro tem prazo determinado para arrecadar o valor e o material também possui edição de exemplares limitado apenas para quem financiar via Catarse, por tanto aproveite os últimos 10 dias restantes para o prazo final e garanta seu exemplar que é exclusivo apenas aos financiadores via Crowdfunding do Catarse. Lembrando que para evitar dor de cabeça, o boleto costuma valer 7 dias (exigência dos bancos), por tanto faça  o pagamento do boleto o mais rápido possível antes do vencimento, já no cartão a validação do pagamento é mais rápida, mas aí fica a critério e condições de cada um escolher a melhor forma de pagamento, os valores varia de: R$ 10,00 a R$ 70,00 quanto mais você aumentar o valor, mais brindes e Nº de exemplares você recebe, um bom presente de natal pra você dar para seu amigo (a) namorado (a) ou família.

Abaixo ao clicar no banner, você será redirecionado para o site do Catarse onde terá acesso a todas informações sobre o projeto do livro, para quem já conhece o Catarse e já é usuário, basta apenas logar, caso se você não seja cadastro terá de fazer um  cadastro básico assim como você fez para abrir uma conta no Facebook, coisa rápida.

clique sobre o banner




2 ª Alternativa
(caso se o banner falhar, use este link abaixo)
https://www.catarse.me/deuses_fantasmas_e_outros_mitos


VEJA MAIS POSTAGENS ABAIXO

ARQUIVO

TAGS (PALAVRA-CHAVE)

2013 (1) 2016 (3) a tentação (1) AAI (1) actress Globe (2) ADI 4439 (2) Agenor Duque (1) Agnostic (1) Agnosticism (1) agnosticismo (21) agnóstico (22) alderman (1) alexandria (1) Andressa Urach (1) animações (1) aniversário (1) Antichrist (6) anticristo (3) apostolo (4) argetina (2) arquivo nacional (1) Assembly (1) Assembly of God (1) Assembly of God Victory in Christ (1) atea (6) ateismo (27) Ateísmo (4) ateu (24) atheism (25) atheist (25) atheist census (7) atheistic films (1) atriz (1) BAND (1) Bible (4) biblia (6) bispo (2) bolsonaro (1) Book (1) câmara dos deputados (2) camisetas (1) campanha (1) candidate (2) candidato (4) capital da fé (1) captação (1) catarse (1) censo ateu (10) Charlatanismo (1) christ (4) Christianity (5) church (18) Cidade Alerta (1) CNA (2) COI (1) constituição (1) cota (1) cota parlamentar (1) crime (1) cristãos (2) cristianismo (6) crowdfunding (2) crowdfunding (financiamento coletivo) (2) curso (1) curta (1) curta metragem (1) Daniel Sottomaior (1) Datena (1) deputados (1) Deus (1) deus no banco dos réus (1) direito (1) disciplina (1) documentário (1) documentos (1) donato brandão (1) edir macedo (5) Edmar (2) Edmar Luz (5) educação (2) elections (1) elections 2016 (1) eleições (5) eleições 2016 (4) eleições 2018 (1) eleitores (3) emenda (1) Emissora (1) encontro ateu (3) enquete (1) ensino religioso (1) entrevista (3) escolas (1) estado laico (4) estatisticas (8) estatuto (1) estimativas (5) estudante (1) estupro (1) EUA (1) evangelico (1) evento (2) Fábio Porchat (1) facebook (1) Faith (4) Federal Court (1) filmes (6) financiamento coletivo (2) física (1) gabi (1) Gabriel Filipe (1) GIF (1) gifs ateistas (1) Globo (1) God (10) god on trial (1) Google (1) Google Maps (1) grupo (2) Hate (2) Hawking (1) hipatia (1) humor (1) igreja (10) igreja católica (1) igreja evangélica (4) igreja mundial (3) igreja universal (7) imprensa (4) instituto (1) Intolerance (4) intolerância (1) IOC (1) irreligiao (9) IURD (6) jair bolsonaro (1) jerbialdo (2) João de Deus (1) jornal (5) jornalista (1) José Ricardo Marques (1) Judicial process (2) jurídico (3) justiça (4) Justice (2) legislação (4) lei (4) LIHS (1) Literatura (1) Literature (1) livro (1) livro sagrado (1) loja (1) Luz (1) magazine (1) malafaia (2) Maps (1) Marcelo Rezende (1) Márcia Fernandes (1) Márcio Campos (1) Marco Feliciano (1) Mato Grosso do Sul (1) media (4) microcefalia (1) midia (7) ministerio publico (1) movie theater (1) movies (2) movies atheists (2) MP (1) MPF (3) MPMS (1) MPT (1) MS (1) mulheres (2) neopentecostal (1) neymar (1) norma (1) nossos produtos (1) Novembro (1) odio (1) organização (3) papa (1) partido (1) pastor (2) Patricia Abravanel (1) patricia galvão (1) pedofilia (1) Pedophilia (1) periódico (1) pesquisa (5) PGR (1) polícia (1) political (3) político (6) Porta dos Fundos (1) preconceito (2) Preconception (1) Process (1) processo (3) produto (1) programa (1) proposição (1) prostituta (1) PSC (1) publicação (2) publicações (4) Publication (1) questionário (1) rape (1) Record (TV) (1) REDE (1) rede social (1) Rede Sustentabilidade (1) redes sociais (1) REDETV (1) religiao (11) Religião (5) religion (8) religious sect (2) resolução (1) resultado (1) revista (2) Rio de Janeiro (1) salário (1) salário parlamentar (1) SBT (2) sect (1) Secularism (1) secularismo (11) seita (1) sem religiao (13) setembro (1) Shepherd (1) short film (1) silas (4) silas malafaia (4) Solomon's Temple (1) Sônia Abrão (1) SP (2) Stephen Hawking (1) STF (2) store (2) Televisão (1) Templo de Salomão (1) TV (1) UCKG (3) UFMS (1) universal (2) Universal Church of the Kingdom of God (3) UOL (1) Valdemiro Santiago (4) vaticano (1) veja (1) vereador (2) Victório Galli (1) videos (3) virus (1) voters (1) zazzle (1) zika (1) zika virus (1)